Por um mundo melhor

Mondelez International acelera ações de redução de impacto ambiental e coloca novas metas até 2020

Ecocaixa parceria com varejo em prol da reciclagem de embalagens.
Dados divulgados pela National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA), agência americana que pesquisa os oceanos e a atmosfera, confirmam que o ano de 2015 já é o mais quente registrado na Terra. Com o intuito de contribuir para a mitigação desse cenário, a Mondelez International (MDLZ) anuncia novas metas globais de sustentabilidade para 2020. Segundo Alcides Gordilho, diretor de meio ambiente da Mondelez Brasil, essas iniciativas são ambiciosas e incluem a redução de emissão de CO2 e de resíduos gerados em manufatura, diminuição no consumo de água e resíduos, além da diminuição da quantidade de embalagem utilizada em seus produtos. “O compromisso dá continuidade ao foco sustentável já iniciado pela empresa que, neste ano, se destacou eliminando por completo o envio de resíduos para aterros sanitários nas plantas localizadas em Curitiba (PR), Piracicaba (SP), Bauru (SP) e Vitória de Santo Antão, na região metropolitana de Recife (PE)”, sublinha o dirigente. Até 2020, acrescenta ele, a MDLZ irá reduzir em 15% a emissão de CO2 e em 20% o resíduo total gerado em manufatura. Já o consumo de água nas plantas será reduzido em 10% em regiões onde o recurso é mais escasso, como na planta pernambucana. “A economia de água irá reduzir 380 milhões de litros por ano”, ele dimensiona. Gordilho sustenta que a companhia tem sido uma das líderes em redução da quantidade de embalagens na indústria de bens de consumo e, até 2020, planeja eliminar 65.000 toneladas globalmente. No Brasil, esse esforço não é novidade. Em 2013, situa,

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório