Usina de ideias

Centro do Ital em parceria com o Instituto Fraunhofer insere o Brasil na rede global de pesquisa de inovações

Martins Moreira modelo do centro viabiliza cooperação entre universidades e pesquisa de ponta no mundo inteiro.
Uma base sólida para o crescimento sustentável e a competitividade da produção nacional de alimentos, confeitos inclusos, somente pode ser alcançada através da busca permanente por inovações nos processos de produção e desenvolvimento de itens com maior valor agregado. Partindo dessa premissa, o Ital (Instituto de Tecnologia de Alimentos do Estado de São Paulo) e o Instituto Fraunhofer para Engenharia de Processos e Embalagens (IVV) estabaleceram o Centro de Projetos Fraunhofer (Fraunhofer Project Center for Food and Bioresources), em Campinas (SP). Inaugurado no início de novembro, ele é um modelo de cooperação criado pela direção da entidade alemã, visando a cooperação das mais de 66 unidades de sua rede com outras instituições de pesquisa e universidades de todo o mundo sobre temas de interesse estratégico. “A ideia é buscar o desenvolvimento de tecnologias específicas, sempre almejando o uso integral de todos os produtos e subprodutos da cadeia produtiva para prevenir

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorRápida no gatilho
Próxima matériaMapa atualizado