Um banho de loja

Feira ISM junta tradição, modernidade e inovação na maior plataforma global de candies

Estande da Lambertz moda, design e gastronomia cada vez mais inseridos na ISM.
Estande da Lambertz moda, design e gastronomia cada vez mais inseridos na ISM. O vestido da foto acima, feito com embalagens da marca alemã Lambertz, sintetiza as principais propostas da feira ISM – Feira Internacional de Doces e Biscoitos, maior vitrine global do setor de confeitos (confectionery). A alegoria proposta pela indústria fundada em 1688 e quinta maior fabricante de biscoitos do planeta simboliza tradição, modernidade e inovação, tripé sobre o qual foi montado a 47ª edição do evento. Com organização atenta a preservar a tradição de marcas do mundo todo no maior balcão de negócios do setor, ela também sinalizou os rumos da indústria incorporando correntes da moda, design e gastronomia, além das inovações da indústria nos vários segmentos. Assim mais uma vez a ISM superou os desafios que colocam em xeque a credibilidade de uma feira anual. Montada de 29 de janeiro a 1 de fevereiro em Colônia (Alemanha), a mostra exibiu em primeira mão as novidades extraídas de incubadoras que expressam a formação ou a consolidação das tendências na cena doceira global. Entre os destaques, conferidos em estandes de diversas nacionalidades, sobressai a incorporação de correntes migradas de outras categorias de alimentos, como linhas free-from (“livre de”) ou guloseimas formuladas com ingredientes crus (raw) naturais e grãos antigos (ancient grains), tudo sob o guarda-chuva da saúde e bem-estar em chocolates, balas, gomas de mascar, biscoitos e snacks. Mais disseminadas entre empresas aglutinadas em pavilhões ou ilhas destinados a startups, tarjas de organic food, 100% natural, gluten-free, veggie

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório