Toque oriental

Takasago coloca expertise em aromas para auxiliar nos desafios da indústria de confectionery

Toque oriental
O Brasil conta com abastecimento confortável na ala de corantes, aromas e fragrâncias, com a cobertura de cerca de meia centena de fabricantes, entre os quais as maiores potências globais dessas especialidades. Das grifes presentes no país, sobressai, por exemplo, a japonesa Takasago, que investe 8% do seu faturamento global em pesquisa e inovação, ressaltam Rafaela Bedone e Vilma Mendes, respectivamente, gerente de marketing e diretora comercial de Aromas da companhia. “A necessidade da redução de açúcar ou de sódio no caso de alimentos e bebidas, e melhor fixação do perfume no tecido para amaciantes, são necessidades constantes demandadas pelos clientes”, relatam as executivas. Na entrevista a seguir, elas detalham as atividades da Takasago, uma das cinco maiores empresas de aromas, ingredientes e fragrâncias do mundo, no setor de confectionery no Brasil. Vilma Mendes, diretora comercial da Takasago: setor de confeitos é uma das fortalezas da companhia. DR – Quais tendências de aromas sobressaem hoje em dia no setor de confectionery? Vilma e Rafaela – O mercado brasileiro de confeitos passa por uma fase desafiadora na qual as empresas estão tentando se adequar às mudanças de hábito do consumidor. A crise atual no país tem afetado de forma considerável o consumo de confeitos e snacks, uma vez que estes são vistos como supérfluos ou meras guloseimas, sendo dispensáveis no consumo diário. O grande desafio da indústria nos dias de hoje é provocar a experimentação dos seus produtos. Por conta da grande variedade de opções que encontramos no mercado, as empresas

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório