Tenda verde e amarela

Setor brasileiro de candies participa da maior feira de candies do Oriente Médio e Norte da África

Yummex 2016 indústrias de candies em busca de freguesia no Oriente Médio.
O freio puxado nas vendas internas estimula empresas de candies com potencial para exportar a se voltar para o exterior na expectativa de compensar a baixa demanda. Sob esse pano de fundo dez indústrias de bandeira verde e amarela seguiram em novembro para Dubai, nos Emirados Árabes, para participar da Yummex Oriente Médio, – nome atual da SSME (Sweet and Snacks Middle East) –, último compromisso da agenda internacional de 2016 para o setor de confeitos (confectionery), em sua 10.ª montagem. Promovida pela Feira de Colônia (Koelnmesse), organização da cidade alemã de mesmo nome, também responsável pela feira ISM, maior vitrine global de confectionery, e pelo Dubai World Trade Center, a Yummex é a principal feira internacional de confeitos e snacks na região conhecida como MENA (Oriente Médio e Norte da África), informa Brena Bäumle, diretora da Bäumle Organização de Feiras, representante exclusiva do evento no Brasil. Brena, da Bäumle crescimento de 18% em área e 16% em número de expositores. Segundo ela, a presente edição da Yummex registrou avanço em comparação à montagem anterior, com 364 expositores – 16% a mais do que em 2015 –  de 47 países e mais de 8 mil visitantes (3% a mais), vindos de  83 países. “Com uma área de exposição 18% maior, a mostra contou com 20 pavilhões internacionais oficiais, três a mais que em sua última edição, com destaque para Bélgica, Alemanha, Itália, Egito, Turquia e Estados Unidos, países com maior número de expositores”, sublinha a executiva. Das dez representantes do

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorCarinha da crocância
Próxima matériaSnack vegano