Alexandre Colombo é Presidente de Biscoitos da ABIMAPI e Diretor da Piraquê. | CEO of biscuits - ABIMAPI and Director at Piraquê | Presidente de Galletas - ABIMAPI y Director de Piraquê.
Os próximos dois anos não serão fáceis, isso é fato. Mas a indústria nacional de biscoitos tem as armas necessárias para assegurar uma vitória importante lá na frente. Nosso objetivo constante é investir em instalações modernas e eficientes para entregar ao consumidor o que há de melhor, com o menor preço possível. Nosso País, de proporções continentais, possui um mercado interno robusto e, apesar das projeções pouco favoráveis para a economia, existe um enorme potencial de crescimento, principalmente no consumo per capita. Esse indicador já tem aumentado de forma vigorosa e computou 8,40 quilos/habitante em 2014, um salto acumulado da ordem de 17% desde 2010. Porém, nossa evolução não é só no volume, mas na qualidade dos produtos. Aqui no Brasil, o gosto do consumidor está mais requintado e a procura por produtos premium começou a se refletir em nossos resultados. No ano passado, os valores de vendas avançaram mais de 10% sobre 2013 e bateram R$ 19,67 bilhões, enquanto volumes ficaram estáveis em 1,7 milhão de toneladas. Nossas empresas, que unem tradição e inovação, em nada deixam a desejar a qualquer indústria no mundo, atendendo de maneira muito satisfatória um consumidor da mesma forma exigente e antenado em tendências globais. Possuímos uma diversidade de categorias de biscoitos, englobando desde as mais consolidadas no cotidiano das pessoas até as de alto valor agregado, sem esquecermos dos tipos que incorporam ingredientes integrais e funcionais. Por tudo isso, acreditamos que 2015 será mais um ano de expansão em nosso segmento e de

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorReceita de sucesso
Próxima matériaForça e modernidade