Sede insaciável

Sede insaciável

Litherland, da Britvic: negócios complementares e sinergias de custos.
Depois de engolir a cearense Ebba (Empresa Brasileira de Bebidas e Alimentos) em 2015, a britânica Britvic expande sua fatia na cena de sucos com a aquisição da mineira Bela Ischia. Anunciado no início do ano, o negócio é orçado em R$ 218 milhões e será financiado por instrumentos de dívida da Britvic. “A proposta de aquisição da Bela Ischia representa uma excelente oportunidade para fazer um primeiro ano muito forte no Brasil, com expansão da nossa presença em um grande e crescente mercado de bebidas”, declarou em comunicado Simon Litherland, presidente global da Britvic. Ele acrescentou que a Bela Ischia tem negócios bastante complementares à operação da Ebba no Brasil. A Britvic, concluiu o executivo, espera obter sinergias de custos, com ganhos de eficiência em compras, produção, logística e administração. Também prevê ampliar a receita com o aumento do portfólio de marcas e com a ampliação da presença geográfica,

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório

SIMILAR ARTICLES

Veja o PDF da edição

A Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias, Pães & Bolos Industrializados (Abimapi) e a Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação (Abia) formalizaram um novo acordo ...