Portfólio maior para crescer

Lemos, da Mondelez perspectiva de voltar a crescer a taxas mais aceleradas. Na via oposta da maioria das empresas do setor de confeitos (confectionery), a Mondelez vai acelerar o ritmo de lançamentos para justamente induzir consumidores a retomar a compra de guloseimas e reverter o esfriamento nas vendas. A companhia anunciou o ingresso no segmento de chás em pó, com a marca Tang e, recentemente, apresentou ao varejo mais itens em todas as suas linhas campeãs. Em 2015, foram introduzidos 12 produtos no total, mas o plano agora é lançar até o fim do ano “dezenas” de novidades, confirma Augusto Lemos, gerente geral da Mondelez no Brasil. “A operação crescia duplo dígito nos últimos anos mas, de 2015 para cá, a taxa de crescimento diminuiu”, assinala o executivo. Ele, no entanto, observa que, com investimentos em inovação, nas marcas e na rede de distribuição, a companhia conseguiu manter ou ganhar mercado nesse período. “O cenário macroeconômico do país é instável, mas nossa perspectiva é voltar a crescer a taxas mais aceleradas nos próximos anos”, ele confia. Depois de assumir a gerência geral da companhia em novembro passado, Lemos tem focado o trabalho na ampliação da fatia de mercado no país, principalmente via expansão do portfólio. Na categoria de bebidas em pó, a empresa passa a competir com a marca Tang em chás (ver à pág. 12). “A expectativa é aproveitar a força da marca para competir em uma categoria que ainda apresenta amplo potencial de crescimento”, sublinha. Em chocolates, a

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorVirou chicle
Próxima matériaAvanço animador