O negócio fermentou

Cookie Stories inaugura fábrica própria e programa abrir mais uma unidade

Camila e Rafaela, da Cookie Stories: terceira unidade prevista para julho.
Fazer crescer um negócio nem sempre é uma tarefa fácil. Mas para as irmãs Camila e Rafaela Camargo, proprietárias da Cookie Stories, isso não foi um problema. Pelo contrário. Depois de pouco mais de um ano da inauguração da primeira loja da marca especializada em cookies na cidade de Curitiba (PR), a demanda só cresceu, fazendo com que as empresárias investissem em uma segunda unidade, inaugurada no começo de 2018, e em uma fábrica própria, onde são produzidos todos os produtos vendidos em seus dois endereços físicos na capital paranaense. Também há planos para colocar as linhas de guloseimas no atacado e varejo doceiros. Hoje, a Cookie Stories oferece mais de 40 tipos de doces, além de salgados e bebidas. A fábrica acaba de ser inaugurada e vai possibilitar um crescimento sem amarras. Assim que lançaram a primeira loja, no bairro Juvevê, no primeiro semestre de 2017, as irmãs Camargo acreditavam que o espaço reservado para a cozinha seria suficiente para atender a demanda na cidade. Todos os cookies são elaborados com receitas próprias, executadas artesanalmente, desde o processo de mistura dos ingredientes até o porcionamento da massa. “Logo na inauguração, percebemos que a equipe não daria conta da demanda e, consequentemente, o espaço físico ficou pequeno para produzir, estocar e preparar os pedidos da loja”, conta Rafaela. Com o sucesso da marca e aumento da procura, ainda mais após a inauguração da segunda unidade, no bairro Alto da Glória, as empresárias perceberam que era o momento de buscar um

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório