O coelho mecânico

Elevação nos preços de chocolate incrementa demanda de máquinas para pequenas e médias produções

Koblinsky Jr.: custo elevado na produção eimposições do varejo desestimulam investimentosem linhas sazonais. Por conta de preços carregados no sal em ovos de Páscoa de marca, ofertados pelos grandes fabricantes de chocolate, foi se consolidando nos últimos anos uma migração no front do consumo sazonal para o chamado mercado artesanal. Em ascensão desde antes do período de recessão no país, esse reduto é dominado por pequenos empreendedores, que compram cobertura (chocolate puro ou com misturas, em barras de 500g e 1 quilo) no atacado doceiro e formulam seus ovos em casa. Os volumes de consumo de cobertura têm mostrado vigor. Assim, crescem os fabricantes de coberturas e produtos semiacabados, como também se multiplicam os pequenos fabricantes de chocolate, com instalações pequenas e artesanais, nota Thomas Koblinsky Jr., diretor da Komatec, representação de sistemas e máquinas para a indústria de chocolate. “Temos vendido diversas instalações da marca alemã Netzsch para esse mercado de semiacabados, assim como para pequenos fabricantes, com distribuição regional”, reporta ele. Na entrevista a seguir, Koblinsky abre um panorama do setor de equipamentos para produção de Páscoa no Brasil. DR – O que mudou no cenário de Páscoa nos últimos anos? Koblinsky Jr. – No passado, os grandes fabricantes viam na Páscoa a fonte de seu capital para investimentos e lucros. Porém, o crescente custo de fabricação para a data, devido às condições impostas pelo varejo – a exemplo da venda em consignação–, em muitos casos acabou inviabilizando essa atividade para algumas empresas. A necessidade de pagar matérias-primas

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorOlhar interior
Próxima matériaO lado B da Páscoa