O avanço pipocou

Fontelles, do ZDA: R$ 40 milhões investidos nos últimos dois anos em linhas de produção.
Focado em chocolates, balas, snacks e produtos lácteos, o Grupo ZDA fechou 2016 com alta de 12% no faturamento, totalizando R$ 360 milhões. Dono de marcas conhecidas do trade, como Bel, Ailiram, Diatt e Hércules, a empresa sediada em Marília (SP) espera para 2017 o mesmo índice de crescimento, alcançando R$ 403 milhões, projeta José Fontelles, diretor comercial do grupo. Para ele, no entanto, a motivação para o avanço neste ano não será a mesma de 2016, quando a companhia se concentrou na ampliação da oferta de produtos. “Agora, o incremento nas vendas virá com a ampliação da rede de distribuidores”, sinaliza o executivo. Em 2016, o desempenho de vendas do ZDA ficou acima da média apresentada pelo mercado. Dados da consultoria Euromonitor International situam que as vendas de chocolates no Brasil encolheram 3,2%; as vendas de candies tiveram queda de 5,8% e o negócio de laticínios cresceu apenas 2,3%.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório