Néctar da garrafa

Reestilização em linha de néctares da Maguary adota embalagem de PET

Maracujá sabor tradicional agora na opção de néctar em garrafa de 1,5 litro.

MaguaryPrincipal grife de sucos prontos para beber (SPB) da ebba, Maguary reposiciona sua linha de néctares com uma versão de maracujá, sabor campeão do verão, em garrafa PET, ao preço sugerido de R$ 5,79 a unidade. “Considerando o sucesso da linha e atendendo a demanda de diversos consumidores e supermercadistas, resolvemos lançar esse sabor tão tradicional para nossa marca e muito popular na mesa dos brasileiros”, anuncia Fábio Levalessi, diretor comercial da empresa cearense.

A escolha do volume de 1,5 litro, observa ele, surgiu a partir do resultado de pesquisas realizadas junto aos consumidores e ao trade, que demonstraram interesse por esse tipo de embalagem, sinalizando uma demanda ainda não atendida de forma satisfatória. No levantamento, também foi reforçada a necessidade de oferecer aos consumidores o néctar pronto para beber em tamanho maior, de forma a acompanhar a rotina em família, evitando que o conteúdo termine durante as refeições. Comprovando a aposta, as vendas da linha aumentaram mais de 1.300% nos últimos meses, posiciona Levalessi.

Nas gôndolas dos Estados Unidos e Europa, observa ele, regiões mais maduras na categoria de SPB, a embalagem PET é amplamente encontrada em produtos premium. Além de ser uma opção de fácil reciclagem e que pode ser reutilizada, inclusive para diversas finalidades criativas, a garrafa plástica também permite que o produto se destaque na gôndola. “A cor do líquido ajuda o consumidor a escolher seu sabor preferido e conferir sua integridade, dando mais segurança e confiança para a decisão de compra”, nota o diretor comercial.

Segundo ele, o sabor maracujá é uma extensão da linha lançada em maio de 2015, que conta com os sabores caju, goiaba, laranja, maçã e tangerina. “A expectativa é tornar o portfólio ainda mais completo e aumentar a participação na categoria oferecendo mais opções para os consumidores”, conclui Levalessi.

COMPARTILHAR
Matéria anteriorGosto de balada
Próxima matériaSaindo do molde