Mudança multipropósito

Mondelez transfere fabricação de biscoitos e candies no estado de São Paulo

Dona de marcas campeãs no reduto de chocolates, confeitos e biscoitos, a Mondelez Brasil, braço local da corporação americana, anunciou no início de março o encerramento das atividades de suas plantas no estado de São Paulo, localizadas em Piracicaba e Bauru. Em comunicado, a companhia informa que a paralisação das linhas de produção nesses locais acontecerá gradativamente até dezembro de 2018. Segundo a empresa, o fechamento das fábricas, que operam com efetivo de cerca de 2 mil funcionários, decorre de decisão da companhia de concentrar suas atividades nas unidades que produzem itens de mais categorias – as chamadas plantas multipropósito –, como os complexos de Curitiba (PR) e de Vitória de Santo Antão (PE). A unidade de Piracicaba (distante 158 quilômetros de São Paulo) é especializada na produção de biscoitos (Club Social, Trakinas, Oreo, belVita, Chocolícia), enquanto que a de Bauru é acionada na fabricação das linhas de candies (Halls, Trident, Bubbaloo, Chiclets, Plets). A Mondelez alega que as mudanças fazem parte da estratégia global da companhia que, desde 2014, vem analisando minuciosamente sua cadeia de suprimentos com o objetivo de manter a sustentabilidade econômica e a evolução do negócio a médio e longo prazo. Com a reestruturação, gomas de mascar, balas, drops, caramelos, chocolates, bebidas em pó, sobremesas e cream cheese serão produzidos no Paraná e as demais linhas de biscoitos e chocolates em Pernambuco. Como são multicategorias, essas fábricas estão assumindo grande importância neste novo cenário, por possuírem localização geográfica favorável e experiência robusta nos processos de fabricação

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorBússola para o consumo
Próxima matériaOvação sulista