Missão empresarial

Fabricantes de biscoitos e massas reforçam laços com compradores argentinos

Zanão, da Abimapi previsão de no mínimo repetir o superávit do primeiro semestre. O setor de biscoitos, massas alimentícias, pães e bolos industrializados cravou superávit nas exportações no primeiro semestre de 2017. As vendas do setor para a Argentina, por exemplo, um dos maiores compradores do país, foram maiores do que toda a ocorrida em 2016 no mesmo período. Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi), as empresas somaram cerca de US$ 6,5 milhões de vendas e o Brasil continua sendo o líder absoluto das importações do setor naquele país. Com base nesses resultados, onze empresas brasileiras, reunidas no projeto Brazilian Biscuits, Pasta and Industrialized Breads & Cakes, participaram em agosto de uma ação promocional na Argentina. Empresários e representantes da Cisbra, Domelly, Grani Amici, Granó, Itamaraty, Marilan, NHD Foods, Nissin, Piraquê, Ofner e Selmi encorparam a missão objetivando promover o setor. Além de atualizar informações do mercado argentino, eles iniciaram contatos com potenciais parceiros e visitaram pontos de venda (PDVs) em Buenos Aires e Mercedes. A delegação também recepcionou compradores locais e teve a oportunidade de apresentar as novidades do setor. “Os destaques ficaram por conta de biscoitos especiais, pré-misturas, torradas, macarrão instantâneo, produtos para dietas restritivas, panetones e pão de queijo, entre outros”, sublinha Cláudio Zanão, presidente executivo da Abimapi, prevendo, no mínimo, reeditar a boa performance comercial do primeiro semestre. Com o apoio da embaixada do Brasil e a provedora de serviços de facilitação de negócios internacionais Orbiz,

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório