Ficou fácil para o confeiteiro

Duas Rodas avança no segmento de coberturas com linha produzida no Nordeste

Linha para transformadores última campanha de Páscoa abocanhou 45% das vendas totais.
Além de movimentar a indústria e o trade de chocolates, a proximidade da Páscoa  agita um mercado que avança à sombra de uma demanda cada vez mais sólida: as chocolaterias artesanais. Trata-se de um público que, até bem pouco tempo, contava com poucas opções de matérias-primas, apesar de acompanhar as tendências atuais de consumo, como a oferta de itens mais sofisticados e de chocolate premium. “O principal perfil dos clientes são os chamados transformadores, que produzem de forma artesanal para vender, incluindo doceiras, confeiteiras e até as donas de casa”, analisa Marco Paulo Pereira Henriques, gerente de marketing da Duas Rodas, fonte nacional de aromas e ingredientes para a indústria de alimentos e bebidas, também supridora de chocolates e coberturas para confeitaria artesanal. Segundo ele, a empresa também atinge outros públicos com participações menores, como pequenas indústrias, food service e até mesmo o consumidor final. Na entrevista a seguir, o executivo faz um relato sobre a atuação da Duas Rodas no filão chocolateiro. DR – Como tem sido a evolução no segmento de coberturas e chocolate? Henriques – A Duas Rodas atua nesse mercado desde 2011 com o lançamento de duas linhas de coberturas: Selecta Supreme com quatro sabores (branco, ao leite, meio amargo e amargo) e Selecta Confeiteiro em três versões (branco, ao leite e meio amargo). Desde então temos realizado uma série de investimentos, com lançamentos de mais produtos, tornando o portfólio mais completo, e também investido em ações de trade e construção de marca, o que resultou

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório