Ele tem o preço

Miro Doces avança no atacarejo doceiro do ABC atendendo movimento crescente de ambulantes

Loja filial itens de festa ganham cada vez mais espaço na operação de doces.
Quem não é o maior tem que ser o melhor. O antigo ditado sintetiza o espírito comercial na Miro Doces, rede com duas lojas no formato de atacarejo no centro de São Bernardo do Campo, no ABC paulista. Comandado pelo atacadista Almiro Raimundo da Silva, o popular Miro, o negócio abriu as portas há 16 anos, com base em mais de duas décadas de experiência como distribuidor independente, o chamado doceiro. “Pegava produtos na Marsil e saia vendendo de porta em porta aqui no ABC”, rememora Silva. Até os dias de hoje, o atacado do bairro do Pari, um dos precursores da atividade doceira na cidade de São Paulo, continua sendo um dos principais fornecedores das duas unidades da Miro Doces. “Mas hoje em dia boa parte do portfólio vem direto dos fabricantes, principalmente os de marcas pouco conhecidas que têm espaço privilegiado aqui nas lojas”, assinala Silva. Para ele, a operação não apenas conseguiu sobreviver, mas sobressair entre os mais de 30 comércios atacadistas de confeitos da região, por conta da especialização no atendimento de públicos específicos. A partir de pedidos de dez unidades ele assegura que tem condições de oferecer preços mais atraentes que os da concorrência. Por facultar o acesso às mercadorias com custos de atacado, mesmo em compras fracionadas, o estabelecimento se transformou em espaço preferencial de vendedores ambulantes. Cerca de 50% do público, tanto na Miro Doces como na Vianas Doces & Festas, filial inaugurada a 1,5 ano, é formado pelos chamados marreteiros que, segundo

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorUm ano complicado
Próxima matériaPortfólio completo