Ele agora é do bem

Pesquisa inédita com consumidores sinaliza a aceitação do amendoim na dieta regular dos brasileiros

676
Amendoim estudo demonstra que 88% da população consome o grão regularmente.
A onda de alimentação saudável vem desmistificando diversos itens antes considerados vilões, a exemplo do chocolate, hoje comprovadamente fonte de oxidantes. É também o caso do amendoim, até pouco tempo atrás, associado até a doenças por conta da aflatoxina, fungo que pode se desenvolver no armazenamento inadequado do produto. Esse panorama, no entanto, já é passado. Foi-se o tempo em que o grão sobressaía apenas nas festas juninas ou, jocosamente, era associado a afrodisíaco natural. Um estudo inédito do instituto Datafolha, encomendado pela Abicab (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados), captou que 88% da população consomem o alimento e, para 63%, ele pode fazer parte da dieta. E mais: 71% acreditam que o consumo da oleaginosa faz muito bem à saúde, sendo que, nos últimos 30 dias, 80% dos entrevistados consumiram o produto. Os números indicam a entrada definitiva do alimento na rotina do brasileiro

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorLucro esticado
Próxima matériaLonge da crise