Edição 227

    clique na capa para visualizar a revista
    clique na capa para visualizar a revista A SEDE AUMENTOU Puxada por grupos multinacionais, a disputa se acirra com menos marcas disputando as gôndolas POLO DOCEIRO DO SUL A virtude de fazer bem feito ARCOR A planta sustentável de Bragança SUMÁRIO CAPA BEBIDAS EM PÓ E SUCOS PRONTOS menos é muito mais Com menos marcas disputando as gôndolas que há dez anos, ambas as categorias exibem maior diversidade de itens, com maior qualidade e boa relação de qualidade e preço, com a expectativa de aplacar a sede de uma demanda que não para de crescer PDV POLO DOCEIRO DO SUL berço da qualidade Com mão de obra farta e mais qualificada e investimentos em escala de produção, as indústrias do sul brasileiro vencem as distâncias dos grandes centros de consumo, com linhas de confeitos e guloseimas que hoje são exemplos no setor ENTREVISTA ILSI BRASIL a Ciência a serviço da indústria O presidente da entidade que congrega cientistas, meio acadêmico, governo e a indústria detalha a missão na Anvisa com o objetivo de ajudar na elaboração de critérios para a escolha das guloseimas que poderão veicular alegações funcionais SUSTENTABILIDADE ARCOR chocolate em sintonia com o meio ambiente Praticamente zerada em emissões de carbono, a planta de Bragança Paulista (SP) recebeu investimento de R$ 26 milhões para implantação de linhas que exibem o estado da arte na fabricação de tabletes e bombons da marca e, ambientalmente, é a mais atualizada dentre as 39 unidades que o grupo possui na América do

     

    Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

    Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
    Se você já é usuário, faça login.
    Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

     

    Login de Usuários
       
    Registro de Novo Usuário
    *Campo obrigatório
    COMPARTILHAR
    Matéria anteriorEdição 226
    Próxima matériaEdição 228