Campeão da Páscoa

Van Luijk, presidente da Emulzint inovação com concentrados de grãos para confeitaria.
Van Luijk, presidente da Emulzint inovação com concentrados de grãos para confeitaria. Disponível no Brasil através da linha Orquestra, marca pertencente ao portfólio da Emulzint, o chocolate Casa Luker compôs os melhores ovos de Páscoa eleitos pelo caderno gastronômico Paladar, do jornal O Estado de S. Paulo. Três ovos que aparecem na lista, incluindo o 1º lugar na categoria casca recheada, são elaborados com o chocolate importado da Colômbia: o ovo trufado Tumaco 85%, da Gallette; o Tumaco 85%, da Douce France, e  Arauca 70%, da Vila Chocolat. Frans Van Luijk, presidente da Emulzint, conta que a linha Orquestra foi criada para atender às necessidades de profissionais chocolatiers, chefs e pâtissiers, com ingredientes de qualidade premium. Ela reúne itens para confeitaria fina de fornecedores de renome, como a holandesa Dobla e a belga Aldia, além da CasaLuker, detalha o dirigente. Para ele, a consagração coloca em evidência a atuação em confeitaria da Emulzint, que comemora seu 40.º aniversário de fundação no Brasil com um histórico de inovações e conquistas. Controlada do grupo holandês Zeelandia e presente em mais de 60 países, a empresa desembarcou no Brasil em 1977. Atualmente, mantém sede em Jundiaí (SP) e fornece mais de 100 produtos para padarias e confeitarias de todo o Brasil. “Nesses 40 anos as indústrias de panificação e confeitaria foram atendidas com produtos inovadores e que impulsionaram o direcionamento desse mercado”, assinala Van Luijk. Ele lembra que a empresa introduziu diversas inovações e conceitos na confeitaria nacional, a exemplo das pioneiras pré-misturas. 

 

Para continuar lendo cadastre-se gratuitamente.

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.
Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo.

 

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorFita cortada no Chile
Próxima matériaTroca da guarda