Açúcar ecológico

Caravelas incrementa sustentabilidade com embalagens de plástico verde

Açúcar cristal e refinado: estreia de matéria-prima renovável da Braskem.

O plástico verde fornecido pela Braskem será utilizado pela primeira vez em embalagens de açúcar refinado no Brasil. A pioneira na utilização é o Açúcar Caravelas, uma das mais importantes empresas do país no setor. Disponíveis para venda desde o início de novembro, os produtos incorporam a matéria-prima 100% renovável, aplicada nas embalagens de açúcar refinado e cristal.

Atualmente, a marca Caravelas consome mensalmente 140 toneladas de embalagens e será a única do segmento que tem no seu ciclo produtivo a cana-de-açúcar do início ao fim. O consumidor poderá identificar as novas embalagens a partir do selo I’m Green, visível na parte frontal do produto. O selo é a identificação da Braskem para embalagens feitas com o plástico verde. “A sustentabilidade é um pilar essencial na nossa empresa, sendo a inovação e o pioneirismo diretamente ligados ao posicionamento da marca Pelo Sabor do Novo. Nesse sentido, o chamado plástico verde é uma importante iniciativa que responde de maneira efetiva a essas demandas”, sintetiza Javel Colombo, diretor comercial da Usina Colombo, produtora do Açúcar Caravelas.
Para a Braskem, o lançamento se alinha ao propósito da companhia de buscar soluções e melhorar a vida das pessoas por meio da química e do plástico. “É o material que se encaixa nos atributos que a Caravelas busca para seus produtos: inovação e respeito ao meio ambiente”, frisa Gustavo Sergi, diretor de Químicos Renováveis da Braskem. Além de 100% reciclável, o plástico verde captura e fixa 3,09 toneladas de CO2 da atmosfera para cada tonelada de resina de origem renovável produzida, colaborando para a redução da emissão dos gases causadores do efeito estufa, detalha o expert.

COMPARTILHAR
Matéria anteriorCrocância balanceada
Próxima matériaCeia à francesa