a gente não quer só comer

Brasileiro não arrisca comprar alimentos online, mas busca uma alimentação mais saudável

Os brasileiros em geral ainda não cultivam o hábito de comprar alimentos online. A constatação inclui guloseimas como chocolates, candies, biscoitos e snacks, com exceção de opções e promoções enquadradas em apresentações exclusivas para presente e/ou temáticas. Conforme o relatório Varejo de Alimentação e Bebidas – Brasil, Abril 2014, da Mintel, nos últimos seis meses anteriores a janeiro de 2014, apenas 8% dos brasileiros compraram alimentos e bebidas em supermercados utilizando canais online. Apesar dessa demanda incipiente, os brasileiros manifestam preocupação com os hábitos alimentares e têm intensificado a busca por informações e alternativas que vão ao encontro de maior impacto na saúde em geral e bem-estar, principalmente das famílias. Segundo o relatório Mudanças nos Hábitos Alimentares – Brasil, Maio 2013, 41% dos brasileiros declaram preferir alimentos preparados frescos ou feitos na hora. Já o relatório Alimentação Saudável – Tendências, Brasil – novembro 2014, aponta que 53% dos brasileiros declaram

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorAbre alas
Próxima matériaBem-estar pessoal