A cura pelo chocolate

Variantes funcionais da Chocolife brindam os consumidores de todos os tipos de intolerância alimentar

Entre as pioneiras no filão de chocolate funcional ou nutracêutico no Brasil, a Chocolife vem há sete anos expandindo sua penetração por diversos perfis de consumo, graças à disseminação crescente dos benefícios à saúde cientificamente comprovados da ingestão regular de sólidos de cacau. A empresa abriu as portas no Rio Grande do Sul com o encontro entre o nutricionista Gabriel de Carvalho e a engenheira de alimentos Virgínia de Avila Dias. Ambos não se conformavam com a inexistência de chocolates que pudessem ser prescritos por nutricionistas, endocrinologistas e até mesmo cardiologistas. Juntando o conhecimento e experiência de cada um em sua especialidade, nasceu a grife, que hoje sobressai nas gôndolas de chocolates aprovados para consumo no circuito de saúde e bem-estar. Em entrevista exclusiva à Doce Revista (DR), Virgínia detalha a trajetória da Chocolife. DR – Como foi o começo da empresa? Virgínia – No seu dia a dia de

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados.

Se você já é usuário, faça login.
Novos usuários podem se cadastrar abaixo gratuitamente.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório
COMPARTILHAR
Matéria anteriorAlta volatilidade
Próxima matériaCobertura completa